terça-feira, 31 de outubro de 2017

Cotidiano

Sozinho todo dia assim começo.
Sozinho todo dia assim termino.
Sozinho todo dia eu escrevo,
tudo aquilo que eu sinto.
Sozinho só eu encontro sentido no que escrevo.
Sozinho só escrevo o que não tem sentido.
Rogério Tadeu Ferreira
poeta recreense