domingo, 30 de julho de 2017

fragmento
Tabacaria
Álvaro de Campos
heterônimo
Fernando Pessoa

Estou hoje vencido, como se soubesse a verdade. 
Estou hoje lúcido, como se estivesse para morrer, 
E não tivesse mais irmandade com as coisas 
Senão uma despedida, tornando-se esta casa e este lado da rua 
A fileira de carruagens de um comboio, e uma partida apitada 
De dentro da minha cabeça, 
E uma sacudidela dos meus nervos e um ranger de ossos na ida. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário