quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Por mim se vai à cidade dolente,
Por mim se vai à eterna dor,
Por mim se vai à perdida gente.

Justiça moveu o meu alto criador,
Que me fez com o divino poder,
O saber supremo e o primeiro amor.

Antes de mim coisa alguma foi criada,
Exceto coisas eternas,e eterna eu duro
Deixai toda esperança,vós que entrais.
(Dante e Virgílio diante da entrada do inferno)
Divina comédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário