segunda-feira, 26 de setembro de 2016

MORRI PELA BELEZA

Morri pela Beleza - mas mal me tinha 

Acomodado à Campa 
Quando Alguém que morreu pela Verdade, 
Da Casa do lado - 

Perguntou baixinho "Por que morreste?" 
"Pela Beleza", respondi - 
"E eu - pela Verdade - Ambas são iguais - 
E nós também, somos Irmãos", disse Ele - 

E assim, como parentes próximos, uma Noite - 
Falamos de uma Casa para outra - 
Até que o Musgo nos chegou aos lábios - 
E cobriu - os nossos nomes - 
Emily Dickinson

Nenhum comentário:

Postar um comentário